Quando as luzes se apagam: O dilema do comércio e da indústria

Back to Top

FactoryPlant-blogsize.jpg

A Administração de Informações sobre Energia dos EUA nos diz que clientes comerciais e industriais usam mais do que 60 por cento da energia elétrica gerada nos Estados Unidos. As empresas consideram cuidadosamente a confiabilidade e o custo da energia elétrica em uma área antes de estabelecer novas operações no local.

Na verdade, a energia elétrica é a força vital dos negócios nos Estados Unidos. À medida em que os Estados Unidos forem trabalhando para reconstruir sua economia após a pandemia, a energia elétrica confiável será um componente crítico para o sucesso. É por isso que a S&C realiza uma pesquisa anual com os usuários comerciais e industriais de energia dos Estados Unidos. Queremos entender as experiências com a confiabilidade da energia e como isso afeta as operações.

O 2021 relatório inclui três constatações importantes:

• Interrupções frequentes e momentâneas parecem ser uma parte crescente do problema da confiabilidade de energia. A frequência das interrupções de serviços está aumentando, com a falta de energia mensal ou mais frequente dobrando nos últimos anos. Duas vezes mais entrevistados listaram interrupções momentâneas como as mais comuns em comparação com o ano passado. Como essas indústrias estão se tornando mais dependentes do fornecimento constante de energia, melhorias na confiabilidade serão um componente importante para a nossa recuperação econômica.

• As interrupções de serviço estão custando às empresas quantias significativas de dinheiro. Cerca de um quarto das empresas disseram que perderam pelo menos US$ 100.000 por interrupção de serviço típica. E dos que perdem US$ 100.000 ou mais a cada mês com interrupções típicas, 80% relataram interrupções pelo menos uma vez por mês. Quando investigamos esses números, descobrimos que interrupções momentâneas (cumulativamente) estavam apresentando um impacto organizacional tão grande quanto as interrupções longas, pois até mesmo uma "piscada" de energia interrompe processos e demanda reinicializações operacionais.

• Os respondentes estão dispostos a pagar mais por uma maior confiabilidade e resiliência. Em média, cerca de 20% das empresas estavam dispostas a pagar mais para melhorar a confiabilidade da energia, com uma maior disposição no setor industrial e da saúde. Embora alguns estejam dispostos a aceitar uma confiabilidade pior em troca de um desconto, esses números foram muito mais baixos, e as empresas do setor industrial e de cuidados com a saúde foram as menos dispostas a sacrificar a confiabilidade em troca de uma economia. As empresas estão sendo impactadas cada vez que ficam sem energia, e se tivessem a oportunidade de gastar mais para melhorar essa situação — seja por meio da concessionária ou de soluções alternativas — muitas fariam isso.

O que percebemos todos os anos neste relatório é como o impacto das interrupções de energia está afetando as empresas do comércio e da indústria dos Estados Unidos. Os feedbacks por escrito dos respondentes desta pesquisa nos mostram que qualquer queda de energia interrompe o andamento dos negócios, particularmente quando os sistemas de TI são necessários para comunicações e coordenação.

Essa situação tem se tornado mais problemática com o envolvimento remoto das empresas e das pessoas durante a quarentena (uma tendência que muitos acreditam que vá persistir de alguma forma, mesmo após a suspensão das restrições). A boa notícia é que os respondentes parecem ter uma compreensão mais aprofundada do desafio que as concessionárias de energia elétrica enfrentam e estão dispostos a dialogar sobre a melhor maneira de atender às suas necessidades.

Especialista

Brian Levite

Data de Publicação

março 29, 2021