• Início
  • News
  • S&C News
  • O Relatório Estado de Confiabilidade da Energia Comercial e Industrial de 2021 da S&C Electric Company revela que o número de empresas que relataram interrupções mensais de serviço dobrou no último ano

O Relatório Estado de Confiabilidade da Energia Comercial e Industrial de 2021 da S&C Electric Company revela que o número de empresas que relataram interrupções mensais de serviço dobrou no último ano

Um novo estudo constata que a confiabilidade de energia continua prejudicando as empresas americanas
ano após ano, gerando necessidade de investimentos na rede

CHICAGO, 29 de março de 2021 – A S&C Electric Company, inovadora em redes que melhora a confiabilidade e a entrega de energia em todo o mundo, divulgou hoje o “Relatório Estado de Confiabilidade da Energia Comercial e Industrial de 2021” (o Relatório C&I). Agora em seu quarto ano, o Relatório C&I foi escrito e pesquisado em colaboração com a Frost & Sullivan. A edição de 2021 entrevistou 253 empresas comerciais e industriais (C&I) com receita anual média de US$ 75 milhões. O relatório foi criado com diversos objetivos em mente, incluindo a avaliação de duração e frequência das interrupções que as empresas comerciais e industriais (C&I) verificaram, quantificando, subsequentemente, os impactos organizacionais e monetários dessas interrupções.

Dividindo a pesquisa em quatro principais regiões geográficas dos EUA, o Relatório C&I reflete os sentimentos de cinco principais categorias dos seguintes setores: manufatura, cuidados com a saúde, educação, pequenas franquias e varejistas. Entre as constatações mais notáveis do Relatório C&I de Confiabilidade estão:

O número de empresas que relataram interrupções mensais de serviço dobrou em relação ao ano passado

Os dados da pesquisa revelaram um aumento drástico no número de empresas que relataram interrupções de serviço de curta duração como a interrupção de energia mais comum. O número de empresas afetadas por interrupções momentâneas com duração inferior a cinco minutos aumentou de 20 para 40 por cento em um ano, o que significa que essas interrupções estão se tornando mais prevalentes e perceptíveis devido ao impacto nas operações. O relatório também revelou que 44 por cento das empresas ficaram sem energia mensalmente ou com mais frequência – o dobro da porcentagem do ano passado – o que indica que as empresas estão percebendo mais impactos negativos que podem comprometer operações críticas e, potencialmente, arriscar suas reputações como fornecedoras confiáveis de bens e serviços.

As empresas podem perder mais de US$ 1 milhão em receita anual

O aumento da frequência das faltas de energia está provando ser oneroso para as empresas C&I e, por isso, elas começaram a implementar novos sistemas ou instalar equipamentos para avaliar as interrupções e acompanhar as despesas decorrentes disso. Os dados da pesquisa apresentaram um custo com interrupção de serviço típico de US$ 100.000 ou mais por quase um quarto (22 por cento) das empresas. A maioria (80 por cento) dessas empresas C&I verificou interrupções de serviço mensais, resultando em uma perda anual de US$ 1,2 milhões. Esse é um custo muito alto e revela a necessidade das empresas C&I de mitigação das interrupções.

Os impactos de alto custo da baixa confiabilidade fizeram com que 58 por cento das empresas instalassem um sistema ou equipamento para avaliar as interrupções, e das empresas que avaliam essas interrupções, 77 por cento têm, ou terão, um sistema ou equipamento para acompanhar as despesas com essas interrupções.

A pressão para minorar os problemas aumenta

A pesquisa relatou que mais da metade (52 por cento) das empresas considera muito importante ter a energia restaurada em até um minuto. No entanto, muitas concessionárias não informam interrupções de energia com duração inferior a cinco minutos, o que representa uma desconexão entre as prioridades das concessionárias e as necessidades dos clientes.

Com as altas expectativas com a confiabilidade e a resiliência da energia das empresas C&I, é evidente que elas estão dispostas a investir em soluções para mitigar as interrupções. Na verdade, uma parte das empresas estaria disposta a pagar às concessionárias um valor adicional por uma redução de 20 por cento nas interrupções, mas quase um terço (31 por cento) das empresas sentiu que não teve oportunidade de conversar diretamente com as concessionárias sobre suas preocupações relacionadas à confiabilidade. Isso representa uma oportunidade para as concessionárias discutirem a extensão das preocupações das empresas C&I com energia e entenderem com profundidade as soluções de que essas empresas precisam.

“É evidente que as interrupções no fornecimento de energia têm sido um problema real das empresas C&I durante os últimos quatro anos, e essas empresas estão atribuindo uma importância ainda maior à melhoria da confiabilidade e da resiliência da energia”, disse Brian Levite, diretor de assuntos regulamentares da S&C. “Mesmo alguns segundos sem energia podem ter um impacto oneroso sobre os negócios, e estamos vendo essas empresas C&I investirem em novos sistemas e equipamentos para avaliar as interrupções e acompanhar as despesas resultantes dessas interrupções. No entanto, há oportunidades para empresas C&I e concessionárias tratarem dessas questões de confiabilidade e trabalharem juntas para mitigação dos problemas.”

Para uma visão mais detalhada deste relatório, a S&C e a Associação Nacional dos Fabricantes realizarão um webinar onde será discutido o importante papel que a confiabilidade desempenha no sucesso operacional das empresas, além das estratégias para a promoção de mudanças significativas com relação às melhorias na confiabilidade. Inscreva-se aqui para participar do webinar “Percepção das C&I sobre a Confiabilidade de Energia” da S&C’ no dia 13 de abril às 11:30 CST.

Leia o “Relatório Status da Confiabilidade da Energia Comercial e Industrial de 2021” completo emsandc.com/reliability.

Especialista

S&C Electric Company

Data de Publicação

março 30, 2021