• Início
  • GridTalk
  • A regulamentação enfoca os clientes com pior atendimento

A regulamentação enfoca os clientes com pior atendimento

Back to Top

Serviço de energia remoto

"Clientes com pior atendimento", "alimentadores de baixa confiabilidade", "alimentadores de pior desempenho" – uma gama de termos que são usados em diferentes jurisdições, mas basicamente com o mesmo significado. Esses são clientes que experimentam confiabilidade de energia abaixo da média.

O tratamento do desafio do cliente com pior atendimento não é novo. Os reguladores do setor têm uma gama de ferramentas, tais como monitoramento aprimorado, para garantia dos padrões e do uso de regulamentação de incentivo.

Os clientes com pior atendimento estão enfrentando novos desafios.

Desafios da mudança climática
O aumento dos eventos de clima extremo desafia a resiliência da rede, com um impacto adverso no desempenho da rede. Muitos dos alimentadores com pior desempenho estão na borda da rede, e é provável que estejam entre os mais expostos aos impactos imediatos da mudança climática. Construir resiliência nas redes significa enfrentar os desafios enfrentados por aqueles que experimentam o pior serviço, o que pode incluir grupos de clientes vulneráveis que têm maior dependência da eletricidade.

Ao mesmo tempo, as concessionárias em todo o mundo estão se concentrando em como fazer a transição para sistemas sustentáveis de energia com baixo teor de carbono. Fatores que impulsionam isso - a conexão de energias renováveis, a eletrificação de aquecimento e transporte e o maior foco na digitalização - todos representam desafios e oportunidades para as concessionárias, uma vez que afetam o papel que as redes desempenham.

Mudança nas necessidades do cliente
Independente da definição de “pior atendimento”, tem havido consideração limitada de interrupções momentâneas ou de problemas de qualidade da energia. Essas duas estão se tornando importantes preocupações do cliente e terão proeminência crescente para as redes do futuro e serão áreas de maior foco regulatório.

A chave é o investimento, e ele precisará ser orientado para o aprimoramento da confiabilidade e para reforçar partes específicas da rede. Ao mesmo tempo, os benefícios das novas soluções precisará ser aproveitado. A automação da distribuição e outras tecnologias de smart grid aprimoram a capacidade de prever desafios futuros e, quando eles ocorrerem, de responder rapidamente e minimizar o impacto para o cliente.

Enfrentar os desafios do futuro significa que nenhum cliente deve ser deixado para trás. Os desafios existem, mas novas ferramentas estão disponíveis para enfrentá-los. É por isso que o foco nos clientes com pior atendimento é agora tão importante.

Especialista

Chris Watts

Data de Publicação

novembro 3, 2021