• Início
  • GridTalk
  • A migração de trabalhadores pode prejudicar a confiabilidade e a resiliência da energia rural

A migração de trabalhadores pode prejudicar a confiabilidade e a resiliência da energia rural

Back to Top

WorkingfromRuralHome.jpg

A sociedade está mudando para o “novo normal” pós-COVID, e muitos funcionários trabalharão permanentemente de casa. Essa tendência fará com que trabalhadores se mudem das cidades para as áreas rurais, levando com eles a expectativa de uma energia confiável.

Mudança de expectativas
Os residentes rurais geralmente são satisfeitos com a confiabilidade da energia e estão acostumados com interrupções de serviço de energia, considerando-os normais. As comunidades rurais têm menos redundância e menos interconexões de rede do que as cidades, portanto, sofrem mais interrupções de serviço.

À medida que mais famílias forem mudando das áreas urbanas para as áreas rurais por motivos de estilo de vida, a insatisfação com a confiabilidade da energia rural se tornará aparente, visto que elas ainda precisarão de energia contínua para os dispositivos digitais e para a comunicação do trabalho em casa.

Planejamento para a mudança
As concessionárias de energia das áreas rurais podem lidar com essa mudança de expectativa de confiabilidade monitorando as tendências residenciais e planejando estratégias de melhoria do sistema de acordo.

Religadores sofisticados fazem a energia voltar de forma automática e rápida quando a causa das falhas momentâneas é eliminada, como um galho de árvore na linha. O uso de religadores automatizados acelera a retomada da energia e evita viagens longas das equipes para substituição de fusíveis.

A solução de longo prazo, que pode levar até cinco anos, envolve grandes atualizações de infraestrutura para reforçar e estabilizar a rede por meio de mais opções de interconexão. As atualizações de sistema também ajudam as concessionárias de energia das áreas rurais e se prepararem para uma geração distribuída e um fluxo de energia bidirecional, uma vez que clientes mais afluentes levam em consideração a geração solar e eólica para suas casas como uma alternativa mais verde e sustentável para gerar energia.

Especialista

Jason Lander

Data de Publicação

agosto 12, 2021